Família, o Pilar da Vida

15 de Maio: Dia Internacional da Família

A Assembleia Geral da ONU proclamou através da Resolução 117/237, de 20 de Setembro de 1993, o dia 15 de Maio como o Dia Internacional da Família, com o objetivo de chamar a atenção do mundo, Governos, responsáveis por políticas públicas, e famílias, para a importância da Família como núcleo vital da sociedade, seus direitos e responsabilidades.

A intenção da criação desta data, foi mostrar para a sociedade civil, os maiores problemas que afligem a vida familiar, o seu dia a dia, contribuindo no seu enfrentamento na forma mais harmônica possível.

Não existe sucesso tão importante em nossa vida como o sucesso da Família. A contextura familiar é a base de toda a estrutura social. No seio da Família residem os alicerces para uma consciente conduta de vida nas comunidades, na escola, no emprego, na política e no mundo.

A Família está sempre presente, desde o início ao fim da nossa vida. Com o passar dos anos, experimentamos novos sentimentos, conhecemos novos mundos e novas pessoas, crescemos e nos tornamos autônomos. Muitas pessoas entrarão e sairão do nosso círculo de amizades e conhecimentos, mas a nossa Família permanecerá fixa como os pilares de uma casa que a mantêm de pé.

Todo mundo precisa de alguém que o ame o admire sem se importar com seus defeitos. E, quem melhor que a Família para prover essa dedicação toda? A relação da Família com os filhos é de fundamental importância que eles sejam aceitos e amados. Por mais defeitos e imperfeição que tenha, a Família continua sendo peça fundamental. É na Família o local onde o filho se desenvolve psicologicamente, cria sua própria identidade, além de desenvolver o seu emocional. É a Família que o ajuda a se desenvolver como ser humano e a prepará-lo para sua inserção no convício social.

A Família é a célula básica, o “núcleo natural e fundamental da sociedade” segundo a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Quando as células estão enfermas, o corpo inteiro adoece, restaurar a Família significa restaurar a sociedade. Não adianta a elaboração de projetos mirabolantes para debelar a violência, a criminalidade, o tráfico de drogas, a dependência química, a violência contra a criança, contra a mulher. A raiz de tudo está na Família, Dificilmente uma criança educada e preparada pelos pais e pela Igreja, em um lar de amor e confiança, percorrerás o caminho da marginalidade. O êxito ou fracasso na vida do indivíduo, depende da sua formação em Família.

Nesse dia, peço a DEUS que abençoe todas as famílias.

Facebook

Deixe um Comentário